*
*
*
*
*
NAL de Arroios: um ano a apoiar os sem-abrigo
26-11-2014 CH/CML

O Núcleo de Apoio Local (NAL) de Arroios atingiu os objetivos propostos e outros espaços idênticos poderão surgir, de futuro, na cidade de Lisboa, declarou João Afonso, vereador dos Direitos Sociais da autarquia, durante a apresentação dos primeiros resultados daquele centro.
“A experiência de um Núcleo de Apoio Local em Lisboa após um ano de atividade” foi o tema de um encontro que, no dia 25 de novembro, juntou, no Centro de Informação Urbana de Lisboa, autarcas, técnicos e responsáveis de instituições de solidariedade na cidade. Veja o video aqui

O NAL de Arroios, que funciona num espaço cedido pela CML no Largo de Santa Bárbara e é gerido pelo Centro Social e Paroquial de São Jorge de Arroios, começou a funcionar em setembro de 2013 com uma sala destinada a centro de atendimento e outra a local onde se fornecem refeições aos sem-abrigo.
No encontro, João Afonso afirmou que “toda a pessoa tem direito à dignidade” e que o NAL de Arroios é um projeto para continuar a apoiar. Margarida Martins, presidente da Junta de Freguesia de Arroios, lembrou, por seu turno, que “este projeto é pioneiro”, mas que “as respostas ainda são insuficientes para prestar apoio”, uma vez que “Arroios é das freguesias que mais sem abrigo tem”.
Para o presidente do Centro Social e Paroquial de Arroios, Padre Paulo Araújo, “o NAL visa a promoção e a dignificação da pessoa humana”, o que não se resume apenas em dar comida: “É fundamental reconhecer o outro. Cara a cara”.
Ao longo de um ano, de acordo com os dados apresentados, o NAL de Arroios, a funcionar de segunda a domingo, tem facultado as três principais refeições aos sem-abrigo (pequeno almoço, almoço e jantar), para as quais conta com o apoio da sociedade, designadamente de restaurantes, hotéis, empresas, comércio e até de particulares. Ao todo prestou atendimento a 204 cidadãos e acompanhou de perto outros 350. Dos sem-abrigo registados, 29 deixaram de pernoitar na rua.