*
*
*
Assinalado Dia Mundial da Diabetes
17-11-2014 CH

A Câmara Municipal de Lisboa associou-se às comemorações do Dia Mundial da Diabetes, em parceria com a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal, dia 15 novembro, na Praça da Figueira.
Os vereadores João Afonso, Jorge Máximo e Paula Marques participaram no conjunto de iniciativas organizadas para sensibilizar a população para a prevenção da doença, considerada a pandemia deste século. Veja aqui o video

João Afonso e Jorge Máximo apelaram à adoção de hábitos mais saudáveis, como uma alimentação equilibrada e a prática de desporto, que pode ser algo tão simples como uma caminhada diária de, pelo menos, 30 minutos. Em Portugal mais de um milhão de pessoas tem Diabetes e cerca de 400 mil desconhecem-na, pois a doença pode ser silenciosa durante um período alargado de tempo.
Apesar do mau tempo que se fez sentir, durante a manhã de sábado os lisboetas puderam fazer um rastreio à diabetes, fazer uma caminhada entre a Praça da Figueira e a Ribeira das Naus, praticar jogos tradicionais e participar em aulas de ginástica, Zumba e yoga.
Na véspera, 14 de novembro, Dia Mundial da Diabetes, a efeméride foi assinalada com ações simbólicas por toda a cidade, como a iluminação dos Paços do Concelho, da fonte da Praça do Império e de alguns monumentos da capital, aulas de ginástica e de culinária, entre outras iniciativas.
A Diabetes é uma doença progressiva e conhecida pelas suas complicações quando não está controlada, ou seja, quando há um nível elevado persistente de glicose (açúcar) no sangue, mesmo na ausência de sinais e sintomas característicos. Pode provocar danos nos órgãos e tecidos e originar problemas diversos, como os renais, que na última fase levam à necessidade de hemodiálise, os de visão, que podem provocar cegueira, ou os circulatórios, que podem obrigar à amputações dos membros inferiores e que aumentam o risco de acidente vascular cerebral (AVC).