*
Orçamento Participativo: Sessão Rede Social
10-05-2014 CH com CML

Os vereadores João Afonso e Graça Fonseca apelaram ao envolvimento das diversas entidades vocacionadas para a intervenção social (instituições de solidariedade social, organizações não governamentais, estruturas das juntas de freguesia, etc.), para que apresentem as suas ideias na edição de 2014 do Orçamento Participativo. Clique e veja o video da Sessão

O apelo aconteceu no decorrer de uma Assembleia Participativa para a qual foram convidadas as entidades que integram a Rede Social de Lisboa. Depois de edições - cada vez mais concorridas - do Orçamento Participativo onde os projetos apresentados dizem respeito, na sua maioria, a intervenções no espaço público, os autarcas procuraram agora sensibilizar para o interesse daquelas organizações e instituições apresentarem as suas ideias nesta área.
Este ano, o OP tem uma verba prevista de 2,5 milhões de euros, podendo os projetos ser apresentados a concurso até ao dia 7 de junho, através do portal do OP (www.lisboaparticipa.pt), durante a realização destas Assembleias Participativas ou num quiosque para o efeito instalado na Rua Augusta, junto ao Arco.
As propostas devem enquadrar-se nas seguintes áreas temáticas: Ação Social e Habitação, Cultura, Educação e Juventude, Desporto, Espaço Público e Espaço Verde, Infra-Estruturas viárias, Trânsito e Mobilidade, Modernização Administrativa, Proteção Ambiental e Energia, Urbanismo, Reabilitação e Requalificação Urbana, Saneamento e Higiene Urbana, Segurança e Proteção Civil, Turismo, Comércio e Promoção Económica.