*
*
*
SÓS 800 204 204
Câmara lança Número Verde para referenciar e apoiar os 85 mil idosos sós na cidade Um Alerta Uma Vida
07-02-2012 SYP, LUSA

A Câmara de Lisboa lançou hoje uma campanha que pretende “sensibilizar os vizinhos, comerciantes e os centros de saúde para que estejam atentos ao que acontece aos idosos que estão sozinhos”, que, segundo dados dos Censos 2011 citados por Helena Roseta, são cerca de 85 mil na cidade.
Leia mais, clique no título e descarregue os posters que quiser divulgar

Depois de recordar que em 2011 foram encontradas 79 pessoas mortas em casa em Lisboa, na sua maioria idosas - e que neste ano já foram encontradas 14 -, o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, destacou os mais de 1100 salvamentos feitos pelo Regimento de Sapadores Bombeiros.

“Quanto mais cedo for dado o alerta, quanto mais cedo for acionado o sinal de emergência, maior é a probabilidade de salvamento”, disse António Costa. Nesse sentido, a câmara lançou hoje a operação “S.Ó.S Lisboa” que passa "pela criação de um Número Verde, o 800 204 204, para que se possa dar o alerta a tempo para salvar uma vida”.

A campanha pretende “sensibilizar os vizinhos, comerciantes e os centros de saúde para que estejam atentos ao que acontece aos idosos que estão sozinhos”, que, segundo dados dos Censos 2011 que citou, são cerca de 85 mil na cidade.

O autarca socialista afirmou que “sempre que o Regimento chega a tempo salva-se uma vida”, defendendo que “tudo depende da atenção que é dada aos vizinhos”.

O presidente de câmara disse que esta campanha visa também “criar uma plataforma de georreferenciação, localizando idosos isolados com maior risco e prestar maior acompanhamento”.

A vereadora do Desenvolvimento Social da Câmara de Lisboa, Helena Roseta, explicou que “todas as chamadas vão ser referenciadas” e que a plataforma a criar “vai ser enriquecida com vários dados” de diferentes parceiros, para que os idosos “possam ser reencaminhados para situações de emergência ou de ação social”.

Assim, disse Helena Roseta, a plataforma vai trabalhar também como “retaguarda” de apoio aos idosos. Este apoio poderá ser prestado pelos parceiros da rede social (Santa Casa da Misericórdia, freguesias ou instituições de solidariedade) ou pelo programa Ajuda Lisboa, que está ainda a ser concluído, e que contará com o trabalho dos voluntários da câmara e da Proteção Civil.

Este mecanismo vai receber também os “alertas dos parceiros” da campanha. António Costa adiantou ainda que a câmara vai adquirir para já 1.000 equipamentos de teleassistência “para as situações mais gritantes”, através de parcerias com operadoras de telecomunicações.

O autarca recordou que alguns idosos da cidade já beneficiam do sistema de teleassistência promovido pela Cruz Vermelha Portuguesa, pela Santa Casa da Misericórdia e por algumas freguesias, como a de São Nicolau.

Helena Roseta acrescentou que está a ser estudada a transferência destas chamadas de teleassistência para a central do número verde 800 204 204, para “concentrar recursos e dados” numa linha que “já está montada e funciona 24 horas por dia, 365 dias por ano”.

A campanha ‘S.Ó.S Lisboa’ vai passar também pela distribuição de autocolantes, cartazes, nos ‘mupis’ de publicidade da autarquia e em anúncios televisivos e de rádio.

Para descarregar os cartazes em JPEG clique nas imagens acima, para descarregar em PDF encontra-os abaixo em anexos.

Documentos
Documento em formato application/pdf poster horizontal em PDF256 Kb
Documento em formato application/pdf poster vertical em PDF253 Kb